Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione Esc para cancelar.
Conheça a nova rede de proteção para os professores
27 de novembro de 2018

Sob este disfarce de uma iniciativa que defende a pluralidade de ideias, o projeto de lei Escola Sem Partido visa impor justamente o contrário. Trata-se de uma violenta censura aos professores, busca reprimi-los, controla-los, desrespeita sua liberdade de cátedra assegurada pela Constituição Federal, deseja condenar os professores a uma obediência incondicional a vontade de um governo de extrema direita, recém eleito, diga-se de passagem, pela força de uma campanha toda baseada em notícias falsas para destruir a oposição.

Diante dos constantes desrespeitos sofridos pela violação de seus direitos, algumas iniciativas começam a aparecer em defesa dos professores. Nesta semana, foi formada uma rede de proteção para os professores sentirem-se respaldados e poderem exercer a liberdade de cátedra sem pressão.

A Federação dos Professores do Estado de São Paulo (FEPESP) e o Instituto Vladimir Herzog formalizaram uma parceria para evitar os assédios e as perseguições aos professores.

A partir de agora, o professor que se sentir atingido de maneira explícita ou implícita, através de recomendações dos seus superiores, deve se dirigir à FEPESP por meio do telefone: (11) 5082-5357 ou do e-mail: juridico@fepesp.org.br

Artigos Relacionados

Quem viver verá

Quem viver verá

É sempre muito difícil perceber uma revolução, enquanto ela acontece. Apenas ao passar dos anos,...

ler mais
Aislan Munin
Pai da Liz. Membro cooperado do Portal da Educadora, Estudou Ciências Sociais na PUCSP e FESPSP, autodidata em Sistemas Web, uniu as duas áreas trabalhando como sócio-educador lecionando Introdução a Informática.