Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione Esc para cancelar.
Conheça a nova rede de proteção para os professores
27 de novembro de 2018

Sob este disfarce de uma iniciativa que defende a pluralidade de ideias, o projeto de lei Escola Sem Partido visa impor justamente o contrário. Trata-se de uma violenta censura aos professores, busca reprimi-los, controla-los, desrespeita sua liberdade de cátedra assegurada pela Constituição Federal, deseja condenar os professores a uma obediência incondicional a vontade de um governo de extrema direita, recém eleito, diga-se de passagem, pela força de uma campanha toda baseada em notícias falsas para destruir a oposição.

Diante dos constantes desrespeitos sofridos pela violação de seus direitos, algumas iniciativas começam a aparecer em defesa dos professores. Nesta semana, foi formada uma rede de proteção para os professores sentirem-se respaldados e poderem exercer a liberdade de cátedra sem pressão.

A Federação dos Professores do Estado de São Paulo (FEPESP) e o Instituto Vladimir Herzog formalizaram uma parceria para evitar os assédios e as perseguições aos professores.

A partir de agora, o professor que se sentir atingido de maneira explícita ou implícita, através de recomendações dos seus superiores, deve se dirigir à FEPESP por meio do telefone: (11) 5082-5357 ou do e-mail: juridico@fepesp.org.br

Artigos Relacionados

Aislan Munin
Pai da Liz. Membro cooperado do Portal da Educadora, Estudou Ciências Sociais na PUCSP e FESPSP, autodidata em Sistemas Web, uniu as duas áreas trabalhando como sócio-educador lecionando Introdução a Informática.