Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione Esc para cancelar.
Edgar Morin e o problema da água para além da má gestão do Estado de São Paulo
23 de abril de 2019

Ao pensar a questão do uso da água no Planeta Terra, esforçando-se para propor “a Via para o futuro da humanidade”, o advogado, historiador, geografo, filósofo, sociólogo especializado em epistemologia, Edgar Morin, pesquisador do Centre National de la Recherche Scientifique, é bastante claro.

“Hoje em dia 1,5 bilhão de pessoas não tem acesso á água potável; 2,4 milhões de seres humanos ainda vivem sem os serviços de saneamento básico. De 1990 a 1996, a proporção da população mundial sem redes de esgoto passou de 64% a 67%. Os países que sofrem de estresse hídrico ou que dispõem de menos do que 1000 m³ água por pessoa e por ano tornam-se cada vez mais numerosos. A cada dia, 30 mil pessoas morrem atingidas por doenças decorrentes da escassez de água potável e de saneamento básico; Na África do Sul, 600 mil agricultores brancos consome 60% dos recursos hídricos do país na irrigação, enquanto 15 milhões de cidadãos negros não tem acesso a agua potável; metade das aldeias palestinas não tem agua corrente, ao passo que todas colônias israelenses são abastecidas; o consume diário médio de água da população dos países “em desenvolvimento” é de cerca de 20 litros. Na Itália, ele sobe para 213 litros, nos Estados Unidos, 600 litros (na Califórnia 4,1 mil litros!). O Brasil representa 11% dos recursos de água doce do planeta e mais de 45 milhões de brasileiros ainda não tem acesso a água potável.”[1]

A questão que nos resta é saber se existe vontade para resolver rapidamente estes problemas, nos compreendermos como parte dele exercitando nossa consciência e nossa ação e exigindo de nós mesmos e das autoridades responsáveis, uma boa gestão sobre os recursos naturais das nações.

 



[1] Estes dados foram públicados em 2013 pela Editora Bertrand Brasil em  a Via para o future da humanidade, de Edgar Morin.

 

 

Ao pensar a questão do uso da água no Planeta Terra, esforçando-se para propor “a Via para o future da humanidade”, o advogado, historiador, geografo, filósofo, sociólogo especializado em epistemologia, Edgar Morin, pesquisador do Centre National de la Re

Artigos Relacionados

Aislan Munin
Pai da Liz. Membro cooperado do Portal da Educadora, Estudou Ciências Sociais na PUCSP e FESPSP, autodidata em Sistemas Web, uniu as duas áreas trabalhando como sócio-educador lecionando Introdução a Informática.