Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione Esc para cancelar.
MANIFESTO EM DEFESA DA UNIVERSIDADE PÚBLICA
12 de dezembro de 2018

A Universidade de São Paulo foi fortemente estimulada a criar um manifesto em defesa das universidades públicas devido as ameaças de grupos políticos antidemocráticos.

Os professores, estudantes e funcionários atenderam com entusiasmo ao chamado do filósofo Vladimir Safatle para o debate, ato que deu ensejo a diversos comitês de ação.

Nós do Comitê em Defesa da Universidade Pública, por meio do DIVERSITAS (Núcleo de Estudos da Diversidades, Intolerâncias e Conflitos), esperamos o apoio de todos que partilhem das premissas de nosso Manifesto.

Ø Se você gostaria de assinar como docente, ou membro de alguma instituição política, social ou educacional manifeste-se em nosso e-mail:

defesadauniversidadepublica@gmail.com

Ø Este é o link para nossa petição on-line, voltada para o compartilhamento nas redes:

https://secure.avaaz.org/po/community_petitions/Manifesto_Em_Defesa_da_Universidade_Publica/?aBsHeeb

MANIFESTO EM DEFESA DA UNIVERSIDADE PÚBLICA

Defender a universidade é defender os valores intrínsecos a esta instituição, ou seja, a democracia, a autonomia intelectual, a livre expressão de pensamento, a pluralidade de ideias, o desenvolvimento humano e a busca pela preservação da vida e do meio ambiente. À universidade cabe a nobre tarefa de se dedicar a desvendar todas as possibilidades que o conhecimento oferece à vida humana.

Defender o caráter público – e, portanto, gratuito, acessível e diverso – das universidades brasileiras é defender que o conhecimento seja produzido e apropriado por camadas cada vez mais amplas da população. A recente abertura da universidade pública – através de mecanismos de inclusão – a negros, pardos, indígenas e pessoas de baixa renda propiciou que a universidade avançasse em seu caráter público. A democratização do acesso ao ensino superior é uma conquista social e histórica inestimável para o Brasil.

Defender a universidade pública também é compreendê-la enquanto parte integrante da sociedade que a mantém, com recursos materiais e humanos. Em contrapartida, as universidades oferecem à população museus, hospitais, creches, escolas, teatros e outras estruturas de excelente qualidade, além da produção e disseminação de um rico patrimônio cultural e científico.

Por tudo isso, nós abaixo assinados nos posicionamos em favor de uma universidade autônoma, laica, pública, gratuita e de qualidade. Somos contra quaisquer projetos que representem restrições ao acesso, à gratuidade e à liberdade de pensamento. Convidamos toda a população preocupada com os rumos da educação de nosso país a se manifestar em defesa das universidades públicas, visando preservar seu caráter público e seu elevado e internacionalmente reconhecido padrão científico e cultural.

Comitê em Defesa da Universidade Pública – USP.

Artigos Relacionados

Quem viver verá

Quem viver verá

É sempre muito difícil perceber uma revolução, enquanto ela acontece. Apenas ao passar dos anos,...

ler mais
Aislan Munin
Pai da Liz. Membro cooperado do Portal da Educadora, Estudou Ciências Sociais na PUCSP e FESPSP, autodidata em Sistemas Web, uniu as duas áreas trabalhando como sócio-educador lecionando Introdução a Informática.